Home  >  Turismo Rural   >  Et 13116
PREÇOS
Alojamento
Camas
Noite
Quarto da Varanda
1 c.c.
68,00 €
Quarto do Patio
2 c.s.
68,00 €
Quarto das Aromáticas
2 c.s.
68,00 €
Quarto da Entrada
1 c.c.
68,00 €
Casa das Mulheres
3 c.s.
68,00 €
Casa dos Moços
1 c.c.
74,00 €
Casa do Caseiro
3 c.s.
85,00 €
Casa da Nora
2 c.s.
74,00 €
c.c. - cama casal, c.s. - cama solteiro
Preços por noite c/ Pequeno Almoço
Cama Extra - 20,00 €
FORMULÁRIO DE PRÉ-RESERVA
Unidade:
Nome:
Telefone:
E-mail:
Data de Entrada:
Data de Saída:
Estadia em:
Nº Adultos:
Crianças:
Idades das
Crianças:
Obs:
O envio do presente formulário presume leitura, entendimento e aceitação das condições
de utilização e reserva publicada em
- Condições Et_13116
A sua  Pré-Reserva será  confirmada num prazo máximo de 6 Horas Úteis, caso se
verifique disponibilidade para o período pretendido.

O preenchimento do formulário de pré-reserva não obriga o autor a qualquer
compromisso.

O  pagamento (50% do valor da estadia) será  efectuado através de transferência  
bancária de acordo com  instruções  que lhe  serão fornecidas com a confirmação da
Pré-Reserva.

No caso de dificuldades a preencher a ficha de pré reserva, poderá entrar em contacto
através de:
13116@casadeferias.com

Os campos a vermelho são de preenchimento obrigatório, sem os quais o pedido não
é processado.
Agro-Turismo em
Valpaços
Ref.: ET 13116
Valpaços
Região: Porto e Norte
Localidade: Valpaços
TER: Agro-Turismo
A Quinta possui 3ha de vinha, 16ha de olival e 23ha de souto, para além de 10ha
de lameiros, zona de horta e pomar. Incluído na quinta está também uma mancha
de Carvalhos e uma pequena área de choupal e de pinhal. Toda a quinta está a
produzir de modo biológico desde 2001, certificada pela SOCERT – Portugal. Ao
produzir de forma biológica a quinta garante a não introdução de quaisquer
produtos químicos de síntese na fertilização, tratamento de culturas ou na
alimentação animal.
TERMAS
A cerca de 20 minutos de automóvel da exploração
existem as Termas de Pedras Salgadas, Vidago e
Chaves.

GOLFE
Nas termas de Vidago – Campo de Golfe 18
burracos.
Antes da intervenção todas as construções estavam directamente
ligadas à actividade agrícola, à excepção do volume da Casa da
Quinta e Casa dos Hóspedes que albergavam a habitação. Nos
restantes edificios funcionavam: o armazenamento, a seca de cereal,
os currais dos animais, a laboração do azeite e do vinho, forno (onde
se cozia o pão, entre outros pratos da gastronomia transmontana). A
evocar um paralelo nos destino dos "montes" alentejanos, este
exemplo de unidade habitacional e produtiva, torna-se um elemento
quase único no concelho, visto que conseguiu chegar ao séc XXI sem
se encontrar descaracterizado ou em estado de ruína impossível de
ser reabilitado.
A Casa das Mulheres, a Casa do Caseiro e a Casa dos Moços albergavam os
trabalhadores contratados sazonalmente. Mantiveram-se os nomes, adaptando-se
as estruturas existentes às exigências de conforto actuais. O Alpendre e o
Coberto da Nora são dos últimos exemplares deste tipo de construção,
caracterizado pela estrutura de madeira sobre pilares redondos em pedra de
xisto. Com uma mó cilíndrica em pedra de granito, que funciona a tracção animal,
o Lagar de Azeite mantém todos os utensílios da execução do Azeite de quando
foi construído.
A Quinta está inserida na rede de Turismo no Espaço Rural - TER -
Agro-Turismo.
No centro desta vasta exploração agrícola auto-suficiente existe um
conjunto construído com valor histórico-cultural proposto para
classificação como Património Municipal. Exemplo da arquitectura
popular rural são as construções de habitação sazonal dos
trabalhadores como a "Casa dos Moços", "Casa das Mulheres",
"Abrigo da Nora" e "Casa do Caseiro" que permitem reviver as
condições tradicionais de alojamento.Outras construções de apoio á
forma tradicional de produção como os Lagares do Vinho e do Azeite
foram restaurados e mantêm-se a funcionar com todos os seus
utensílios.
Na Casa da Quinta estão situados seis quartos duplos com casa de
banho privativa.
Uma sala de reuniões para grupos foi instalada no antigo estábulo.
A propriedade está vedada, e possui cerca de
15km de percursos interiores que dão a
conhecer as diversas actividades agrícolas,
vegetação expontânea e pequenas manchas
florestais. São de acesso ás culturas, aos
lameiros onde pasta o gado, ao souto ou á
floresta, e é possivel percorre-los a pé, de
bicicleta (sugeito a reserva). A Quinta sugere
a prática de passeios de BTT, dentro e fora da
quinta, com passagem pelas zonas com
interesse turistico e patrimonial.
Observação do ordenamento da paisagem rural
tradicional.os costumes e modo de vida em
Trás-os-Montes, os sistemas agro-alimentares, o
lago, as charcas, as pastagens naturais, as
florestas de pinheiros e de carvalhos, as espécies
do bosque e sub-bosque, as plantas aromáticas,
aldeias abandonadas.
PASSEIOS TRESMINAS (minas romanas)
No Séc. I iniciou-se a exploração das Minas
Romanas de Tresminas - A maior exploração de
ouro da Peninsula Ibérica que ocupou cerca de
2000 homens durante 200 anos.
CASTRO DO ALTO DA TORRE
Provável Castro militar onde foi encontrado o
"Tesouro de Emeres", achado de cerca de 700kg
moeda do Séc. II e III a apenas 800m da Quinta.
CASTRO DE ARGERIZ E SANTUÁRIO RUPESTRE
Importante Castro a 2 horas de passeio a pé ou de
BTT.
CULTURA
Como visita cultural ao Património Histórico
aconselhamos as cidades de Chaves e de
Mirandela. Chaves é desde há muito
conhecida pelo seu castelo e pelas suas
termas, para alem de ser uma cidade
Válidos para 2011/12